learnlatex.org

Veja mais sobre: Tabelas

Outros símbolos de preâmbulo para tabelas

A lição principal não abordou todos os símbolos de preâmbulo disponíveis, portanto alguns serão explicados aqui, com exempls. Você pode querer revisitar as tabelas no início da lição para ter uma visão geral dos símbolos disponíveis. As descrições dadas lá devem ser suficientes para entender o que os tipos diferentes de colunas m, b, w, e W fazem, depois que você endender l, c, r, e p. Se não, você pode experimentar um pouco com eles. O que ainda falta são os outros símbolos listados na lição principal: >, <, @, !, e |.

Aplicando estilos a uma coluna

Como > e < podem ser usados para colocar coisas antes e depois dos conteúdos das células de uma coluna, você pode usar esses símbolos para adicionar comandos que afetam a aparência de uma coluna. Por exemplo, se você quiser deixar a primeira coluna em itálico e colocar um : depois dela, você pode fazer o seguinte:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}
\usepackage{booktabs}

\begin{document}
\begin{tabular}{>{\itshape}l<{:} *{2}{l}}
  \toprule
  Animal & Comida & Tamanho \\
  \midrule
  cão    & carne  & médio   \\
  cavalo & capim  & grande  \\
  sapo   & moscas & pequeno \\
  \bottomrule
\end{tabular}
\end{document}

\itshape deixa todo o texto que segue em itálico, mas seu efeito é ‘contido’ à céula da tabela. Vamos abordar formatação manual de texto algumas lições adiante.

Você pode querer que a primeira célula não seja afetada porque ela é o cabeçalho da tabela. Aqui \multicolumn pode ser usado. Lembre que esse comando pode ser usado para mudar o alinhamento de uma única célula, como mostrado abaixo:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}
\usepackage{booktabs}

\begin{document}
\begin{tabular}{>{\itshape}l<{:} *{2}{l}}
  \toprule
  \multicolumn{1}{l}{Animal} & Comida  & Tamanho   \\
  \midrule
  cão    & carne  & médio   \\
  cavalo & capim  & grande  \\
  sapo   & moscas & pequeno \\
  \bottomrule
\end{tabular}
\end{document}

Manipulando o espaço entre colunas

Geralmente o LaTeX preenche o espaço entre as colunas com um espaço em cada lado para dar uma aparência balanceada e separá-las. Esse espaço é definido com o parâmetro \tabcolsep. Devido ao fato de cada coluna ser preenchida em ambos os lados, você obtém um \tabcolsep em cada lateral da tabela, mais 2\tabcolsep entre cada duas colunas – um de cada coluna. Você pode ajustar esse espaço usando \setlength:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}

\setlength\tabcolsep{1cm}

\begin{document}
\begin{tabular}{lll}
  Animal & Comida & Tamanho \\
  cão    & carne  & médio   \\
  cavalo & capim  & grande  \\
  sapo   & moscas & pequeno \\
\end{tabular}
\end{document}

Você pode trocar esse espaço por algo à sua escolha usando @. Esse símbolo vai remover o espaçamento entre duas colunas, e inserir o argumento entre elas:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}

\begin{document}
\begin{tabular}{l@{ : }l@{\hspace{2cm}}l}
  Animal & Comida & Tamanho \\
  cão    & carne  & médio   \\
  cavalo & capim  & grande  \\
  sapo   & moscas & pequeno \\
\end{tabular}
\end{document}

(Vamos abordar \hspace em breve; você pode adivinhar que ele adiciona um espaço horizontal.)

O símbolo ! faz algo bem similar a @. A diferença é que ! adiciona o argumento no centro do espaço entre as colunas:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}

\begin{document}
\begin{tabular}{l!{:}ll}
  Animal & Comida & Tamanho \\
  cão    & carne  & médio   \\
  cavalo & capim  & grande  \\
  sapo   & moscas & pequeno \\
\end{tabular}
\end{document}

Linhas verticais

Às vezes você é obrigado a usar linhas verticais em tabelas.

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}

\begin{document}
\begin{tabular}{l|ll}
  Animal & Comida & Tamanho \\[2pt]
  cão    & carne  & médio   \\
  cavalo & capim  & grande  \\
  sapo   & moscas & pequeno \\
\end{tabular}
\end{document}

Você deve ter percebido que o comportamento de | é bem similar ao !; ele adiciona a linha vertical entre duas colunas deixando o espaçamento intacto. No entanto há uma grande desvantagem nisso; linhas verticais não funcionam com as linhas horizontais do booktabs. Você pode usar as linhas horizontais padrão do LaTeX; elas são \hline (correspondente a \toprule, \midrule, e \bottomrule) e \cline (corresponde a \cmidrule). Como mostrado acima, linhas verticais vão preencher qualquer espaço especificado no argumento opcional de \\.

Personalizando as linhas do booktabs

Todas as linhas do pacote booktabs e \addlinespace suportam um argumento opcional entre colchetes com o qual você pode especificar a espessura da linha. Além disso, o comprimento da redução da linha do \cmidrule pode ser modificada especificando um comprimento entre chaves depois de r ou l:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}
\usepackage{booktabs}

\begin{document}
\begin{tabular}{@{} lll@{}} \toprule[2pt]
  Animal & Comida & Tamanho \\ \midrule[1pt]
  cão    & carne  & médio   \\
  \cmidrule[0.5pt](r{1pt}l{1cm}){1-2}
  cavalo & capim  & grande  \\
  sapo   & moscas & pequeno \\ \bottomrule[2pt]
\end{tabular}
\end{document}

Alinhamento de números em colunas

O alinhamento de números em tabelas pode ser feito usando o tipo de coluna S, do pacote siunitx.

Um exemplo simples, com duas colunas numéricas alinhadas é:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{booktabs}
\usepackage{siunitx}
\begin{document}
\begin{tabular}{SS}
\toprule
{Valores} &  {Mais valores} \\
\midrule
1        &   2.3456 \\
1.2      &   34.2345 \\
-2.3     &   90.473 \\
40       &   5642.5 \\
5.3      &   1.2e3 \\
0.2      &    1e4 \\
\bottomrule
\end{tabular}
\end{document}

Note que células não-numéricas devem ser “protegidas” colocando o seu conteúdo entre chaves.

O pacote siunitx fornece muitas possibilidades de formatação de números de formas diferentes; consulte a documentação do pacote.

Especificando a largura total da tabela

A largura de um ambiente tabular é automaticamente determinado do conteúdo da tabela. Há dois mecanismos comumente usados para especificar a largura total da tabela.

Note que é quase sempre preferível formatar a tabela para caber em uma largura conforme explicado abaixo (talvez usando uma fonte menor, como \small, se necessário) do que redimensionar a tabela usando \resizebox e comandos similares que vão produzir tamanhos de fontes e espessuras de linha inconsistentes.

tabular*

O ambiente tabular* leva um argumento adicional de largura, que especifica a largura total da tabela. Espaço esticável deve ser adicionado à tabela usando o comando \extracolsep. Esse espaço é adicionado entre todas as colunas a partir daquele ponto no preâmbulo. \extracolsep é quase sempre usado com \fill, um espaço especial que estica o quanto for necessário.

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}
\begin{document}

\begin{center}
\begin{tabular}{cc}
\hline
A & B\\
C & D\\
\hline
\end{tabular}
\end{center}

\begin{center}
\begin{tabular*}{.5\textwidth}{@{\extracolsep{\fill}}cc@{}}
\hline
A & B\\
C & D\\
\hline
\end{tabular*}
\end{center}

\begin{center}
\begin{tabular*}{\textwidth}{@{\extracolsep{\fill}}cc@{}}
\hline
A & B\\
C & D\\
\hline
\end{tabular*}
\end{center}

\end{document}

tabularx

O ambiente tabularx, do pacote de mesmo nome, tem uma sintaxe similar a tabular* mas ao invés de ajustar o espaço entre as colunas, ele ajusta a largura das colunas do tipo X. Isso é equivalente à uma coluna p{...} com um valor automaticamente determinado para a largura.

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{tabularx}
\begin{document}

\begin{center}
\begin{tabular}{lp{2cm}}
\hline
A & B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B\\
C & D D D D D D D\\
\hline
\end{tabular}
\end{center}

\begin{center}  
\begin{tabularx}{.5\textwidth}{lX}
\hline
A & B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B\\
C & D D D D D D D\\
\hline
\end{tabularx}
\end{center}

\begin{center}  
\begin{tabularx}{\textwidth}{lX}
\hline
A & B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B\\
C & D D D D D D D\\
\hline
\end{tabularx}
\end{center}

\end{document}

Diferente de outros tipos de tabelas discutidos nessas lições, tabularx precisa escrever o conteúdo da tabela várias vezes, experimentando com o valor da largura para determinar o valor final. Isso significa que há algumas restrições à utilização do ambiente; consulte a documentação do pacote.

Tabelas multi-páginas

Um ambiente tabular cria uma caixa inquebrável, então ela deve ser pequena o suficiente para caber em uma página, e é geralmente colocada em um ambiente float table.

Vários pacotes têm variações com sintaxe similar que permitem quebra de página na tabela. Aqui mostramos o pacote longtable:

\documentclass{article}
\usepackage[paperheight=8cm,paperwidth=8cm]{geometry}
\usepackage{array}
\usepackage{longtable}
\begin{document}
\begin{longtable}{cc}
\multicolumn{2}{c}{Uma tabela longa}\\
Left Side & Right Side\\
\hline
\endhead
\hline
\endfoot
aa & bb\\  
Texto & b\\  
a & b\\  
a & b\\  
a & b\\  
a & b\\  
a & bbb\\  
a & b\\  
a & b\\  
a & b\\  
a & b\\  
a & b\\  
a & b\\  
a & b b b b b b\\  
a & b b b b b\\  
a & b b\\  
Texto mais largo & b\\  
\end{longtable}

\end{document}

longtable é notável pois preserva a largura das colunas entre todas as páginas da tabela; no entanto para conseguir isso é necessário várias execuções do LaTeX para que as células mais largas encontradas mais ao final da tabela possam afetar a largura das colunas em páginas anteriores.

Notas em tabelas

É bem comum precisar marcações como de notas de rodapé em tabelas, se referindo às notas no final da tabela. O pacote threeparttable simplifica a criação dessas tabelas, fazendo com que as notas sejam colocadas em um bloco da mesma largura da tabela. Consulte a documentação do pacote para detalhes completos sobre o processo, mas vamos mostrar um exemplo simples aqui:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}
\usepackage{threeparttable}
\begin{document}

\begin{table}
\begin{threeparttable}
   \caption{Um exemplo}
   \begin{tabular}{ll}
    Texto & 42\tnote{1}\\
    Mais texto & 24\tnote{2}\\
   \end{tabular}
   \begin{tablenotes}
   \item [1] A primeira nota.
   \item [2] A segunda nota.
   \end{tablenotes}
\end{threeparttable}
\end{table}

\end{document}

Texto em colunas estreitas

As configurações padrão de quebra de linhas assumem linhas relativamente longas para dar alguma flexibilidade ao escolher quebras de linhas. O exemplo a seguir mostra algumas abordagens possíveis. A primeira tabela mostra o espaçamento entre palavras alongado e o TeX avisa sobre linhas sub-preenchidas (Underfull). Usando \raggedright geralmente evita esse problema mas às vezes deixa linhas muito irregulares. O comando \RaggedRight, do pacote ragged2e oferece um balanço; ele também permite alguma irregularidade nos comprimentos das linhas, mas também vai hifenizar se necessário, como mostrado na terceira tabela.

Note o uso de \arraybackslash aqui, que redefine \\ para que funcione como fim da linha da tabela.

Uma técnica alternativa, como mostrado na quarta tabela, é usar uma fonte menor para que as colunas não sejam tão estreitas em relação ao tamanho da fonte.

\documentclass[a4paper]{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}
\usepackage{ragged2e}
\begin{document}

\begin{table}

\begin{tabular}[t]{lp{3cm}}
Um   & Um texto bem longo escrito em um parágrafo estreito, com mais texto de exemplo.\\
Dois & Um texto longo diferente em um parágrafo estreito, com mais palávras difíceis de hifenizar.
\end{tabular}%
\begin{tabular}[t]{l>{\raggedright\arraybackslash}p{3cm}}
Um   & Um texto bem longo escrito em um parágrafo estreito, com mais texto de exemplo.\\
Dois & Um texto longo diferente em um parágrafo estreito, com mais palávras difíceis de hifenizar.
\end{tabular}%
\begin{tabular}[t]{l>{\RaggedRight}p{3cm}}
Um   & Um texto bem longo escrito em um parágrafo estreito, com mais texto de exemplo.\\
Dois & Um texto longo diferente em um parágrafo estreito, com mais palávras difíceis de hifenizar.
\end{tabular}

\footnotesize
\begin{tabular}[t]{lp{3cm}}
Um   & Um texto bem longo escrito em um parágrafo estreito, com mais texto de exemplo.\\
Dois & Um texto longo diferente em um parágrafo estreito, com mais palávras difíceis de hifenizar.
\end{tabular}

\end{table}

\end{document}

Definindo novos tipos de coluna

Como demonstrado na lição principal, o pacote array permite construções como >{\bfseries}c para denotar uma coluna centralizada com texto em negrito. Geralmente é conveniente definir um novo tipo de coluna para encapsular tal uso. Por exemplo:

\newcolumntype{B}{>{\bfseries}c}

permitiria usar B no preâmbulo da tabela para especificar uma coluna centralizada com texto em negrito.

Truques verticais

Frequentemente, ao invés de fazer uma célula cobrir multiplas linhas, é melhor fazer uma única linha em que algumas células são divididas verticalmente usando ambientes tabular dentro dessa célula:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}
\usepackage{booktabs}

\begin{document}
\begin{tabular}{lcc}
  \toprule
  Teste & \begin{tabular}{@{}c@{}}A\\a\end{tabular} & \begin{tabular}{@{}c@{}}B\\b\end{tabular} \\
  \midrule
  Conteúdo & vai & aqui \\
  Conteúdo & vai & aqui \\
  Conteúdo & vai & aqui \\
  \bottomrule
\end{tabular}
\end{document}

Note que você pode controlar o alinhamento vertical usando o argumento opcional do ambiente tabular; ele suporta usar t, c, ou b para alinhar ao topo, ao centro, ou ao fundo, respectivamente, e é usado assim:

\documentclass{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}
\usepackage{booktabs}

\begin{document}
\begin{tabular}{lcc}
  \toprule
  Teste & \begin{tabular}[b]{@{}c@{}}A\\a\end{tabular} & \begin{tabular}[t]{@{}c@{}}B\\b\end{tabular} \\
  \midrule
  Conteúdo & vai & aqui \\
  Conteúdo & vai & aqui \\
  Conteúdo & vai & aqui \\
  \bottomrule
\end{tabular}
\end{document}

Espaçamento entre linhas em tabelas

Na lição principal demonstramos \addlinespace do pacote booktabs, que é útil para adicionar espaço extra entre linhas específicas.

Há dois parâmetros gerais que controlam o espaçamento entre linhas, \arraystretch e \extrarowheight (este último do pacote array). A definição:

\renewcommand\arraystretch{1.5}

vai aumentar o espaçamento entre linhas em 50%.

Frequentemente, especialmente quando usando \hline, é melhor apenas aumentar a altura das linhas, sem aumentar sua profundidade abaixo da linha base. O exemplo a seguir demonstra o parâmetro \extrarowheight:

\documentclass[a4paper]{article}
\usepackage[T1]{fontenc}
\usepackage{array}
\begin{document}


\begin{center}
\begin{tabular}{cc}
\hline
Quadrado& $x^2$\\
\hline
Cubo& $x^3$\\
\hline
\end{tabular}
\end{center}


\begin{center}
\setlength\extrarowheight{2pt}
\begin{tabular}{cc}
\hline
Quadrado& $x^2$\\
\hline
Cubo& $x^3$\\
\hline
\end{tabular}
\end{center}
\end{document}

Retornar à lição principal
Próxima lição principal